Moscatéis, Espumantes, Madeira e Aguardentes

Nesta “caldeirada” temos os vinhos que a menos nos dedicamos, o que é uma pena. Na verdade, não há um único motivo para não servirmos espumantes em nossas casas pelo que nos devemos abastecer junto da Bairrada e uma ou outra origem que nos ofereça segurança.

No que toca aos moscatéis, madeiras e aguardentes, uma presença simbólica serve perfeitamente, nem que seja para nos forçarmos a de vez em quando irmos em sua demanda, e quem sabe com a boa surpresa reforcemos a sua presença na nossa cave e à nossa mesa.